Nane Saraiva em ação

Existe uma grande diferença entre as pessoas normais e eu. Minha mãe fica brava: “precisa responder isso? Está explicado porquê os caras somem”.

Dada a devida introdução, vamos aos fatos.

 

Quando um carinha manda: - Agora que você está falando comigo, eu estou ótimo.

Uma pessoa normal responde: - Hmmmm… que romântico. Quando vamos nos ver?

O que eu respondo: - Sério? Você tem potencial. Tenho certeza de que consegue me enviar algo melhor. Tente de novo.

 

Quando um carinha manda: - E aí quando vamos nos ver novamente?

A pessoa normal: - Hmmm… estou livre amanhã. Onde vamos?

Eu:- Você não desiste? Acho que deveria!

 

Quando um carinha manda: - Do que você gosta?

Pessoa normal: - Barzinho, cinema, sair pra jantar…

Eu: - Chocolate, wifi, rodeio…

HUAHAUHUAHUAA

 

Quando um carinha manda: - Por que você quer saber minha altura?

Pessoa normal: - Pra saber se eu vou de salto baixo ou alto… =) <3

Eu: - Porque eu não nasci pra usar rasteirinha. Vivo de salto. E não, não curto homem baixinho.

 

Quando um carinha manda: - Nossa, que corpo lindo que você tem.

Pessoa normal: - Obrigada. Eu me cuido bastante. Você pratica algum esporte?

Eu: - Corpo não define ninguém.

 

Não é que eu seja grossa, mal amada ou arrogante. É que esses carinhas têm cada pergunta, né? Hahaha

Estes dias eu disse pra um cara que ele era “médium” (espírita). Sabe o que ele soltou? – Não posso ser “grandium”?

Seu Saraiva, perdão, mas o senhor ficou pra trás. Aqui a tolerância é menos 5. Ah, vá!

O cara sem repertório

- Você vai em tal lugar?

-Não vou, não vai dar.

5 dias depois.

- Você vai em tal lugar? (o mesmo de 5 dias antes)

-Não, já falei que não vai rolar…

1 mês depois.

- É amanhã, hein. Você vai?

- Não.

- Nossa, como você é grossa, seca…

Mais gente. Como é que a gente faz? Não sei se me apresentei. Sou formada em Jornalismo e pós-graduada em Comunicação. Qual a primeira premissa? A MENINA GOSTA DE CONTEÚDO.

Não basta? Sou geminiana de corpo de alma. Gosto de conteúdo e surpresas. Sim, adoro quando uma pessoa me surpreende, o que não acontece há muito tempo!

Então, vamos voltar ao lindo diálogo, de elevador, acima. Amadinhos, para tudo. Homem precisa ter conteúdo, repertório. Se ele quer conversar com uma mulher, ele tem que saber conversar.

Ficou sozinho em casa e quer fazer algo? Precisa saber conversar.

Está de bobeira e resolveu puxar papo no Whatsapp? Precisa saber conversar.

Quer chamar uma linda donzela pra sair? Precisa saber conversar.

Quem acha que tem boca só pra beijar é adolescente, adulto gosta de conversar por altas horas, sobre diferentes assuntos..

Faz sentido?

Vamos aos pontos. Não, eu não vou no evento. Não, eu não quero sair com você. Não, eu não sou grossa e nem seca. Aliás, estaria bem feliz se estivesse seca (hohoho).

Vá ler um Jose Saramago, um George Orwell, um gibi da Turma da Mônica. Vá ler. Quem lê, tem repertório. Ah, vale ler sobre criatividade também. Sucesso garantido. Ou não…

Falando em falta de sucesso. Foi boa a festa? HA – HA – HA.